Já falamos algumas vezes sobre os fios de sustentação de colágeno, mas esse ainda é um assunto que sempre rende dúvidas. Para entender e conhecer mais sobre a real função dos fios de sustentação como alternativa de procedimento menos invasivo para o rejuvenescimento facial, conversamos com a dermatologista Dra. Taiz Campbell.

 

Como os fios de sustentação atuam na pele?

A principal função dos fios de sustentação é o tratamento da flacidez, pois ele traciona e levanta a pele, trazendo o tão desejado efeito lifting sem cirurgia, além de estimular a produção de colágeno. “Eles são ideais para tratar o contorno facial, áreas de malar e mandíbula, na formação do famoso “bigode chinês”, no pescoço e papada, no arqueado das sobrancelhas ou para dar um up no olhar cansado, proporcionando o efeito “fox eyes”. E também em áreas corporais como umbigo e a parte interna do braço e da coxa”, afirma a dermatologista.

Os fios de sustentação facial Silhouette Soft, da Sinclair Pharma Brasil, promovem dupla ação: efeito lifting imediato e estímulo progressivo de colágeno. Os fios possuem a exclusiva tecnologia de cones que proporcionam melhor suspensão dos tecidos da face e melhores resultados.

 

É um processo dolorido?

Segundo a Dra Taiz Campbell, a aplicação dos fios de sustentação é bem tolerada com o uso de anestésico infiltrativo apenas nos pontos de entrada e saída dos fios. “Os pacientes não costumam se queixar de dor, mas sim de desconforto ou aflição durante o processo de tração dos fios na pele. Nos primeiros dias após o procedimento, também é comum sentir um pouco de incômodo na região”, diz ela.

Em relação à recuperação, o tempo entre a realização do procedimento e a melhora dos edemas e hematomas é de cerca de 15 dias.

 

O frio ameniza a dor do procedimento?

Em relação à dor, a médica ressalta que as baixas temperaturas não interferem na sensibilidade. “A dor que o paciente poderá sentir durante um procedimento facial injetável não tem relação com estações do ano, pois cada indivíduo possui uma sensibilidade diferente”. Outro ponto importante é que durante o Inverno, a barreira de proteção natural que mantém a pele hidratada e protegida diminui por conta de banhos quentes, por isso, a Dra Ana Carolina reforça a importância de manter a hidratação em dia, principalmente após um procedimento de preenchimento facial injetável.